Sitemap: Obtenha melhores resultados orgânicos no Google

Sitemap: Obtenha melhores resultados orgânicos no Google

Sitemap é um arquivo de texto que fica na pasta raiz do seu site e serve como uma maneira rápida de informar ao Google, quais páginas do seu site você quer que sejam indexadas e apareçam nos resultados de busca.

Esse arquivo pode existir na estrutura do site de diversas maneiras diferentes, no entanto a mais simples é com um arquivo XML. Ele lista todas as informações sobre as páginas do site além de metadados importantes de cada uma dessas URLs como:

  • Quando foi atualizado pela última vez.
  • Com que frequência costuma mudar.
  • Importância em relação aos outros URLs no site, como por exemplo a página Home do seu site.

Essas informações e URLs listadas dessa forma, informam ao Google exatamente o que ele precisa saber e em troca disso, ficará muito mais fácil para ranquear o seu site.

Ter um sitemap no site não garante que suas páginas sejam incluídas nos mecanismos de pesquisa, mas fornece dicas valiosas para que os robôs do Google façam um rastreamento melhor do seu site, exatamente como um mapa.

Seu site ainda não tem sitemap? Acompanhe esse guia que a Válvula Marketing vai te explicar direitinho o que você precisa saber sobre ele.

Sitemap e sua importância

Um sitemap é essencial se você quiser que seu site seja indexado corretamente pelos mecanismos de busca. Ao vincular adequadamente cada página do seu site a um mapa, a análise de conteúdo é facilitada por robôs, independentemente do volume de dados do site.

Um e-commerce por exemplo, é carregado de páginas, subpáginas, categorias, marcas, produtos, seções e posts de blog. Esse volume altíssimo de páginas leva tempo para ser analisado pelo Google, sem contar que essas páginas individuais podem não estar corretamente vinculadas, e isso acontece também com sites novos.

Caso seu site tenha muitas páginas, é muito mais rápido para o Google identificar e indexar essas páginas se existe um mapa de onde começar e terminar a leitura delas. Criar e configurar um mapa de site é fundamental e irá acelerar o processo de análise do seu site, pelos robôs de busca.

Os diferentes mapas de site

Existem diversos tipos de mapas de site, que se diferenciam por seu formato e funções. Há aqueles dedicados para páginas de vídeos, imagens, blog e notícias. O tipo de sitemap para vídeos deve ser feito em XML. Diferente de texto e imagens, ele fornece informações técnicas como: tempo de duração, thumbnail e descrição do vídeo.

Os arquivos HTML Sitemap permitem que os visitantes visualizem o site inteiro, já que qualquer página estará vinculada à home page. Já os arquivos do Sitemap XML têm um formato invisível para os visitantes, mas facilmente reconhecido pelos robôs dos mecanismos de busca.

Os mecanismos de busca do Google adoram páginas com conteúdo relevante sendo: texto, imagens, vídeos e links de autoridade. Essas páginas completas são muito bem rankeadas nos resultados de pesquisa, que deverá ser uma estratégia de SEO para seus sites, principalmente e-commerce, onde a taxa de conversão é mais alta em páginas com conteúdo significativo.

Como criar um sitemap para o meu site?

Criar um sitemap é uma das primeiras coisas a serem feitas para melhorar o SEO do seu site. Ao criar o arquivo, é necessário adicionar o caminho desse arquivo ao robots.txt, que é o arquivo de referência de indexação, para gerenciar o tráfego de rastreamento das páginas do seu site.

Existem diversas ferramentas online de criação de sitemaps. O XML Sitemaps Generator é uma opção simples, rápida e gratuita para criação desses arquivos. Não é necessário registro e você pode baixar ou receber por e-mail o seu mapa assim que terminar.

Com essa ferramenta você pode criar um mapa de até 500 URLs, mas lembre-se: os sitemaps não podem conter mais de 50 mil URLs. Caso tenha um site maior que 500 páginas, leia os protocolos oficiais de sitemaps em sitemaps.org.

Como enviar seu sitemap para os mecanismos de busca?

Para enviar seu site para todos os mecanismos de pesquisa, você deve indicar onde ele está no seu arquivo robots.txt. Feito isso, envie seu sitemap no Google Search Console.

As informações contidas no sitemap melhoram o SEO do seu site. No entanto, caso o Google perceba que está mentindo a respeito de informações no seu sitemap você será punido. Mentir informações sobre um site e usar técnicas maliciosas para promover sua página é conhecido como Black Hat SEO, clique aqui e leia mais sobre algumas dessas técnicas ainda usadas na internet brasileira.

Declarar artificialmente no sitemap uma taxa de atualização que não foi executada quando seu site for rastreado pelos robôs do Google, fará com que o Google veja como trapaça e automaticamente seu site será punido, tornando-se mal rankeado em comparação com os seus concorrentes de tráfego orgânico.

Vídeos e imagens em um sitemap

Gerar e enviar um sitemap para vídeos torna possível controlar as informações a serem transmitidas para os mecanismos de busca, especialmente para garantir que os vídeos totalizados oferecidos no seu site sejam indexados ​​pelos mecanismos de busca.

Com relação ao sitemap para imagens, a configuração correta garante um aumento na probabilidade de elas serem indexadas.  Além disso, o sitemap para imagens permite que você:

  • Forneça informações adicionais sobre suas imagens.
  • Indexe todas as suas imagens.

Claro que a questão agora é se você precisa de um sitemap para o seu site. Isso pode ter sido altamente recomendado pelo seu consultor de SEO. Gostou do texto? Deixe um comentário para a Válvula!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *