SEO para ecommerce: entenda a importância

por Esther Prestes em 20 de agosto de 2020

O SEO é uma das principais estratégias para colocar o seu site em evidência nos resultados dos mecanismos de busca, otimizar suas vendas, melhorar a experiência do usuário no seu site e ainda garantir reconhecimento da sua marca. Quando bem executadas, as técnicas de SEO facilitam o processo de conversão e tornam a sua marca mais relevante.

Se você ainda tem dúvidas sobre se vale a pena investir nessa estratégia, continue lendo este texto!

SEO: uma breve explicação

Deixar o seu negócio e destaque diante dos concorrentes nem sempre é uma tarefa fácil. SEO, ou Search Engine Optimization (Otimização para Mecanismos de Busca), consiste em um conjunto de técnicas voltadas para a otimização de sites, blogs e páginas da web. O principal objetivo dessa estratégia é aumentar a visibilidade de uma empresa no mundo digital e, consequentemente, atingir o topo dos mecanismos de busca. 

Vale lembrar que o SEO não consiste apenas em construir um site amigável para os buscadores. A ideia principal é entregar o melhor conteúdo para a sua persona. 

Por quê estar no topo das buscas?

Mas, afinal, porque o meu site precisa estar no topo das buscas? Simples. Segundo um estudo realizado pela SPC Brasil, cerca de 90% dos consumidores buscam por algum produto ou serviço na internet.

Cerca dados do HubSpot, aproximadamente 35% das pessoas clicam no primeiro resultado das buscas orgânicas do Google. Além disso, segundo resultados da pesquisa feita pela imFORZA, 75% das pessoas não clicam em resultados após a primeira página dos resultados de pesquisa. 

A experiência de navegação na internet precisa ser o mais dinâmica possível. Por isso, ter um SEO bem estruturado, permite que o cliente pesquise pelo produto ou serviço e encontre a empresa mais preparada para atender às necessidades dele. Isso significa que o cliente deve ter uma experiência de compra fácil, eficiente e fluída no seu site. 

Palavras-chave no funil de conversão

O objetivo do funil de conversão é direcionar o seu consumidor à conversão. Isso deve acontecer de forma natural e fluída, até que ele decida se gostou ou não do que viu e se irá ou não fechar negócio.

Vale lembrar que cada consumidor está em uma etapa diferente do funil e que, depois da conversão, o processo não termina e o lead deve ser direcionado para o topo ou meio de funil novamente.

Ok, mas quais são as etapas do funil de conversão?

No topo do funil estão os visitantes em geral. Ou seja, pessoas que ainda não encontraram ao certo o que buscam. No meio do funil estão localizados os potenciais consumidores, que já passaram pelo topo do funil e que tiveram uma curiosidade e um interesse maior em conhecer o que viram. Por fim, no fundo do funil estão os prospects. Prospects são aquelas pessoas que caminharam por todo o funil, gostaram do produto e, muito provavelmente, fecharão negócio. 

Percebeu como os momentos das pessoas são diferentes em cada etapa do funil? Por esse motivo, tratá-los como se estivessem todos no mesmo momento de contato com a empresa não é a melhor alternativa. O ideal é escolher palavras-chave específica para cada um dos grupos citados e desenvolver o SEO do seu ecommerce pensando nisso. 

Título e Meta Description

Quando pensamos em SEO, automaticamente precisamos pensar em bons títulos para as páginas. Já ouviu aquele ditado, “a primeira impressão é a que fica”? Então, o título é o primeiro contato que o usuário tem com o seu site nos mecanismos de busca. 

O Google usa as informações do seu título para entender sobre qual tópico a sua página aborda e, a partir dessa informação, o algoritmo define se aquele título é ou não relevante para o usuário que realizou a busca. Desenvolver títulos atrativos é essencial, tanto para que o Google melhore o ranqueamento do seu site quanto para chamar a atenção do usuário e convencê-lo a clicar. 

Já a Meta Description (ou Meta Descrição) descreve, resumidamente, o conteúdo da sua página. O principal objetivo é complementar o título, fornecendo informações relevantes que façam o usuário clicar no conteúdo. 

Vale lembrar que a Meta Description não é um dos fatores que o Google leva em consideração para realizar o ranqueamento do site. Porém, ela gera curiosidade e induz o usuário a clicar no seu link. 

Descrição dos produtos

Quando falamos em ecommerce, a descrição dos produtos é um dos fatores decisórios para a compra. Porém, além das especificações técnicas, você pode apresentar outras informações como as avaliações dos usuários, um passo a passo de como usar ou dicas de como a pessoa pode fazer um melhor uso do produto. 

Para otimizar ainda mais o SEO da sua página, divida a estrutura do texto em tags hierárquicas. 

URLs amigáveis

As URLs são um dos muitos fatores de ranqueamento no Google. A URL amigável facilita, tanto pro usuário quanto para o mecanismo de busca, saber sobre o que se trata a página. Algumas dicas para construir a sua URL é: conter a palavra-chave, ter as palavras separadas por hífen (-), ter relação com o conteúdo principal da página e ter no máximo um subdomínio. 

 

Quer continuar acompanhando conteúdos sobre marketing digital? Siga a Válvula no LinkedIn, Facebook e Instagram!

 

Você também pode gostar…

Contato

Quer maximizar seus resultados? Preencha o
formulário e entraremos em contato com você :)

  • +55 11 98084-5513

  • comercial@valvula.marketing

  • R. Ezequiel Freire, 192 - Santana, São Paulo









×