Inbound e Outbound Marketing: O que é e quais são suas diferenças

Inbound e Outbound Marketing: O que é e quais são suas diferenças

Embora o marketing de entrada e saída (Inbound e Outbound Marketing) possam ser duas estratégias de marketing complementares, elas são fundamentalmente diferentes.

Desta forma, surgem algumas questões como: o que é este tipo de marketing? Quais são suas diferenças? Por que o Inbound parece estar à frente do Outbound Marketing? Para responder todas essas perguntas, leia o nosso post e entenda mais sobre o assunto.

Inbound e Outbound Marketing: O jogo das diferenças

O Inbound Marketing, ou literalmente “Marketing de Entrada”  é uma estratégia que visa levar o consumidor até uma determinada marca, através de uma série de ações específicas e funcionando como método de atração direcionado a um determinado público. Um exemplo é o Marketing de Conteúdo, que busca entregar conteúdo interessante ao lead, para mantê-lo cada vez mais próximo da marca.

O Inbound Marketing usa estratégias de conteúdo, de SEO (Search Engine Optimization) e as mídias sociais para atrair o cliente e fazê-lo identificar-se com uma marca. Um exemplo de Marketing de Conteúdo é a criação de textos para um blog, que faça com que as pessoas se interessem por determinado produto ou serviço que uma determinada marca possui, mas cercando o lead com informações relevantes sobre o assunto.

Já o Outbound Marketing envolve estratégias tradicionais para conquistar o consumidor, através de ações diretas de marketing, como por exemplo a publicação de anúncios pagos que aparecem em revistas, ou comerciais televisivos, entre outras plataformas, com a intenção de vender um determinado produto.

Desta forma, pode haver uma relação entre o Inbound e Outbound Marketing através de estratégias segmentadas e com conteúdo de qualidade, com intuito de oferecer promoções direcionadas aos perfis dos clientes.

As armadilhas do Outbound Marketing e as vantagens do Inbound

O Outbound Marketing é a forma tradicional de marketing em que uma marca envia propaganda e até mesmo chegar a “bombardear” através de propagandas publicitárias com mensagens destinadas ao público, a respeito de um determinado produto.

Já no Inbound Marketing, a marca sutilmente demonstra como pode responder perfeitamente às expectativas do consumidor, fornecendo informações realmente úteis para a vida dele, posicionando-se como um especialista a respeito daquilo que o público quer saber, sem nunca estabelecer uma relação forçada entre o público e a marca.

Desta forma, o Inbound Marketing rapidamente se tornou a disciplina preferida no marketing digital, pois com ela uma marca pode obter benefícios reais como:

  • Maior conscientização e visibilidade do seu produto ou serviço.
  • Aumento do tráfego do website.
  • Geração de leads qualificados.
  • Aumento no número de clientes.
  • Maior envolvimento e relacionamento com o cliente.
  • Orçamento controlado: ele é mais barato que o Outbound Marketing.

Promover uma boa estratégia de marketing pode garantir que o estudo do mercado e a comunicação da sua oferta estabeleça uma relação de autoridade dentro do mercado que você atua.

Vantagens e desvantagens do Outbound Marketing

Você deve saber que o Outbound Marketing inclui técnicas para detectar seus alvos e identificar suas necessidades. A partir desses estudos é que a empresa definirá o seu produto, preço, tipo de comunicação e locais de venda.  

No entanto, estabelecer uma estratégia de comunicação inclui altos custos de realização e medir seu retorno sobre o investimento é bastante difícil. Somente através da internet e plataformas como por exemplo o Facebook Ads, é possível rastrear o seu investimento em propaganda de forma contínua para obter uma análise do retorno sobre investimento (ROI) de forma eficiente.

No Outbound Marketing são utilizadas também diferentes técnicas de mídia para transmitir a mensagem publicitária, como através de comerciais de TV, spots de rádio, outdoors, assessoria de imprensa, por e-mail, entre outras formas.

Vantagens e desvantagens do Inbound Marketing

A maior força do Inbound Marketing reside na sua capacidade de não incomodar o público, pois a relação é de troca: você entrega conteúdo relevante, e em troca o lead mantém-se constantemente atualizado sobre assuntos relacionados ao seu negócio e estabelecendo um maior vínculo entre ele e a sua marca. De fato, o usuário encontra a “resposta de acordo com a sua busca” nas diversas publicações da marca, o que torna a técnica do funil de vendas mais eficaz.

O Inbound Marketing cria um universo específico da marca, no qual o consumidor se movimenta e obtém conteúdo daquilo que ele achar interessante. Ele não se sente atacado por publicidade a todo momento, mas pelo contrário,  pode se identificar com a marca.

Além disso, a implementação do Inbound Marketing não requer um orçamento tão alto quanto o de Outbound Marketing. O custo de investimento em SEO é menor e pode aumentar o alcance orgânico do seu site.

O Inbound Marketing também tende a rejeitar o marketing tradicional (Outbound Marketing) ao invés de adotá-lo. No entanto, anúncios bem estabelecidos permitiram que várias marcas se posicionassem de forma efetiva no mercado em consonância com um ótimo planejamento de conteúdo.

Comentários do Facebook